segunda-feira, dezembro 27, 2010

Post da Vivi - 2011- Ano de transformações

Olá meninas!

Tanta coisa passa pelas nossas cabeças nessa época do ano né?!? Mas acredito que a maioria de nós faça mesmo promessas para o ano que começa, e colocamos no papel ou fazemos uma lista mesmo que no pensamento, de tudo o que pretendemos alcançar. E que tal, começarmos algumas transformações dentro de nós? Simpatia, otimismo, solidariedade, podem estar fazendo falta, na hora de atingir alguns dos nossos objetivos, já pensaram nisso?

A partir de uma reportagem que encontrei na revista Nova do mês passado, chamada Makeover Mental, entendi que para mim, nesse ano que se inicia, o mais importante que mudar cabelo, corpo, vai ser mudar minha maneira de pensar e agir, para poder viver melhor comigo e com as pessoas que amo. E quem sabe pra vocês não está faltando também uma transformação interna.

Longe de mim querer ditar regras, ou fazer um prognóstico do que se deve ou não fazer. Mas são quatro lições que li e quero repassar pra vocês, nossas leitoras que merecem um carinho especial. Se achei interessante, porque não dividir com quem está sempre aqui, lendo nossas matérias e prestigiando o que sempre encontram em nossos blogs. Lembrando que os ensinamentos colocados nessa reportagem, tem como inspiração o livro Get a Grip: Your Two Week Mental Makeover (alguma coisa como "Reforma mental em duas semanas") da americana Belisa Vranich.
 
 
Mudança 1 - De gênio ruim para miss simpatia


Como sair dessa:

não leve tudo tão a sério: Nem toda frase infeliz é pronunciada com a intenção de atingi-la. Muitas vezes as pessoas dizem coisas apenas por dizer. Ou porque estão em um dia ruim. Dê aos outros o benefício da dúvida. Pelo menos a princípio;

controle-se: tente lapidar a forma como se expressa, se perceber que não consegue controlar seu lado ruim, se ele está prestes a se manifestar, respire fundo, segure a língua e limite-se a responder com um comentário banal, ou fique em silêncio e sorria;

sorria mesmo sem vontade: isso abrirá portas para que pessoas se aproximem e gostem de você, mesmo que no início seja forçado, insista, o cérebro acaba se convencendo;

saiba que você merece: para tirar de dentro de si, idéias como "não posso", "não devo", "não mereço", providencie afagos pra levantar a autoestima, um cabelo novo e saltos podem ajudar a começar a se achar no direito do sim.
 

Mudança 2 - De senhora do pessimismo para campeã do otimismo

Como sair dessa:

questione seus pensamentos negativos assim que eles surgirem: erros, falhas, obstáculos fazem parte da vida de todos. Pergunte-se: "como sei que sou inútil?", "o que prova que isso é verdade?", questionar-se o tempo todo é ótimo para mudar comportamentos enraizados;

busque outros pontos de vista: saber como outras pessoas interpretam a mesma história, ajuda a ver as coisas de uma nova perspectiva;

não generalize: é preciso aprender a amplificar o impacto das coisas boas que lhe acontecem e reduzir o das ruins;

se é para usar generalizações, que seja as do bem: como por exemplo "tudo tem seu tempo" ou "todo mundo tem sua hora";

injete alegria na sua vida: escolha a companhia de otimistas, faça programas que levantem o astral, prefira comédias a dramas no cinema, veja seriados bobos na tv. O acúmulo de pequenas alegrias, ajudará a mudar a atitude negativa.


Mudança 3 - De egocêntrica convicta a amigona solidária

Como sair dessa:

seja coadjuvante de vez em quando: resista à tentação de contar sempre a sua história depois que o outro conta a dele, ouça mais em vez de falar. O ser humano é um ser de relações e se não trocamos nada com o mundo, nos desequilibramos;

pratique empatia: tente se colocar no lugar do outro, e se alguém diz algo que você não gosta, não corte essa pessoa imediatamente da sua vida, tente entender porque ela pensa assim;

ofereça ajuda: esqueça um pouco de si e dedique-se aos outros, assim, quando precisar de apoio você terá com mais facilidade;

peça ajuda: fazer isso é admitir que você tem falhas e fraquezas como qualquer um outro;

engaje-se: ajudar uma amiga já é pedagógico, imagine contribuir para um projeto social.


Mudança 4 - De lagarta no casulo para rainha da festa

Como sair dessa:

avalie seus medos: por trás da timidez estão mil inseguranças;

aumente aos poucos sua zona de conforto: comece a se arriscar cada dia um pouco mais. Forçar-se a interagir com os outros vai prepará-la para voos maiores;

teste seus limites: por exemplo, em uma festa, aproxime-se de uma roda e tente entrar no papo, mas se é demais pra você, aborde alguém sozinho que pareça deslocado. Confessar sua timidez pode ajudar;

faça um diário da mudança: anote perdas causadas pela timidez e motivos percebidos, o diário funciona com qualquer tipo de mudança.

Texto longo esse hein?!? Mas se vocês chegaram até o fim e tiveram interesse por lê-lo todinho, é porque não sou a única a precisar de mudanças internas para poder ser mais feliz, e alcançar alguns objetivos. Então façamos um trato, em 2011, pensar mais no nosso bem estar interior também, claro sem deixar de lado a beleza, a saúde, o corpo, mas lembrando que o importante para ser feliz é estar bem consigo mesma, e assim, atingiremos algumas das metas propostas para o ano que vem aí.

E para todas vocês que só espiam meus textos, para as que lêem, para as que comentam, para as que criticam ou que elogiam, um Feliz Ano Novo, repleto de transformações maravilhosas.
Beijo,
Vivi
fonte: Revista Nova - nov/2010 - título Makeover Mental
fotos: Google
 
 

Comente!

12 comentários:

Carol Moreira disse... [Responder comentário]

Feliz 2011!

Contém 8 ml disse... [Responder comentário]

Adorei as dicas!! Vale a pena seguir.. rs
Beijinhos
Paula
www.contem8ml.blogspot.com

Little_NaH/Bela Lady disse... [Responder comentário]

Oi querida!!
Acho que nessa época do ano todo mundo se sente disposto a mudar. Todos dizem "no ano que vem....".
O problema é que o ano 'vira' e a gente continua do mesmo jeito. kk
Tínhamos era que colocar em prática tudo isso que você colocou no post !!!
Beijão!

vanessa mendes disse... [Responder comentário]

Trato feito!
Um Feliz 2011 pra vc também!
Bjs!

Moda, atitude e atualidade disse... [Responder comentário]

sorteio de vestido mega fofo INSCRIÇÕES DE 28-12 a 15 -01-2011..SORTEIO 16-01-2011 http://modapraticaeatual.blogspot.com/

Clube da Nécessaire disse... [Responder comentário]

Oi Ro!

Que saudade daqui!!! Muito obrigada pelo seu comentário lá no blog, fiquei muito feliz!!!
Adorei este post da Vivi, muito inspirador!!
Rô, desejo um Feliz 2011 para vc e toda sua família, com muita saúde, paz e prosperidade!

Um beijão,

Amanda

RUDYNALVA disse... [Responder comentário]

“Aprendemos que, por pior que seja um problema ou situação, sempre existe uma saída.
Aprendemos que é bobagem fugir das dificuldades. Mais cedo ou mais tarde, será preciso tirar as pedras do caminho para conseguir avançar.
Aprendemos que perdemos tempo nos preocupando com fatos que muitas vezes só existem na nossa mente.
Aprendemos que é necessário um dia de chuva para darmos valor ao Sol, mas se ficarmos expostos muito tempo, o Sol queima.
Aprendemos que heróis não são aqueles que realizam obras notáveis, mas os que fizeram o que foi necessário e assumiram as conseqüências dos seus atos.
Aprendemos que, não importa em quantos pedaços nosso coração está partido, o mundo não pára para que nós o consertemos.
Aprendemos que, ao invés de ficar esperando alguém nos trazer flores, é melhor plantar um jardim.
Aprendemos que amar não significa transferir aos outros a responsabilidade de nos fazer felizes. Cabe a nós a tarefa de apostar nos nossos talentos e realizar os nossos sonhos.
Aprendemos que o que faz diferença não é o que temos na vida, mas QUEM nós temos. E que boa família são os amigos que escolhemos.
Aprendemos que as pessoas mais queridas podem às vezes nos ferir. E talvez não nos amem tanto quanto nós gostaríamos, o que não significa que não amem muito, talvez seja o máximo que conseguem. Isso é o mais importante.
Aprendemos que toda mudança inicia um ciclo de construção, se você não esquecer de deixar a porta aberta.
Aprendemos que o tempo é precioso e não volta atrás. Por isso, não vale a pena resgatar o passado. O que vale a pena é construir o futuro.
O nosso futuro ainda está por vir.
Então aprendemos que devemos descruzar os braços e vencer o medo de partir em busca dos nossos sonhos.”
Luz e paz!!
FELIZ 2011!
Cheirinhos
Ruddy

Teca disse... [Responder comentário]

Ótimo texto... Adoro fazer planos para o próximo ano na virada! bjo

PRODUTINHOS NO CABELO AND MAKEUPS disse... [Responder comentário]

Ola estou fazendo sorteio la no blog!
E mais uma vez, FELIZ ANO NOVOOOOOOOOOOO

Bjs
Lucy

Eda disse... [Responder comentário]

Querida RÔ,
Adorei o post. Nada como o fim de ano para reavaliarmos nossas atitudes e escolhas.Desejo-lhe um Ano Novo cheio de saúde, muita Paz e Felicidade.
Bjs

Ana Paula disse... [Responder comentário]

Muita paz, amor, felicidade nesse ano que se inicia...

Bjssss

http://toutlamour.blogspot.com

Mirle disse... [Responder comentário]

Hey o/
Ano novo, vida velha... Mudança depende de atitudes, de decisões... Não importa a data, o dia ou a hora, importa a vontade de mudar, de melhorar, evolui! Um novo ano começou p/ mim, porém meus hábitos são os mesmos, meus conceitos não mudaram, mas com certeza tento a cada ano me tornar uma pessoa melhor.

Espero que TODOS tenham o melhor ano de suas vidas!!!

Xoxo
@_Mih

 
Copyright 2011 - Consuma com Moderação
Child Theme and Design by